sábado, 30 de janeiro de 2010

Nao há fome que nao dê em fartura










Não tem chovido este verão.
Os rios vão secos, as pessoas cavam no leito dos mesmos ,buracos a metros de profundidade para conseguir tirar a balde alguma pouca agua para a sua subsistencia.
As temperaturas têm estado muito altas , um calor seco e infernal.
Por vezes o céu faz-se negro , os relâmpagos iluminam os céus ao som de trovoes que até nos fazem abanar, o ar torna-se abafado , quase com uma consistencia de cortar á faca, mas nada de chuva.
Há três dias começou finalmente a chover.
África é sem duvida um continente de extremos.
Aqui quando se fala de seca, é seca a sério, mas quando se fala de chuva...........................
(Fotos do Stefano, tiradas em LM, Maputo)

2 comentários:

  1. Agora dava jeito o katamaram .... :)

    Akele Abraço´

    ResponderEliminar
  2. txiiiiiiiiiiii toni, até os mokonhós aprendem a nadar.......hehehe.

    ResponderEliminar